Quem é Quem
Timo Teinila

Timo Teinila, WMOC speaker


[Portugal será o terceiro WMOC seguido que Timo Teinila vai comentar, depois da Áustria (foto Markus Plohn) e Finlândia.]

Porque é que acha que foi convidado para a função de speaker no WMOC'08? Já tinha estado em Portugal?
Sim, tinha estado em Portugal antes, uma vez de férias no Algarve, e algumas vezes em Lisboa em viagens de negócios. Suponho que me convidaram para integrar a equipa de comentadores graças à minha competência linguística e à minha paixão por esta espécie de "trabalho". Tento fazer o meu melhor.

Quais as principais recordações do seu trabalho no último WMOC na Finlândia?
Eu tinha estado muito poucas vezes no Norte da Finlândia (sim, eu sei que é imperdoável), e por isso apreciei a serenidade, os dias longos e toda a paisagem de Kuusamo. Para lá da orientação, as renas e o concurso de saltos em esqui foram memoráveis. O trabalho de speaker/comentador foi formidável e acabou por ser muito facilitado graças à categoria da equipa e aos recursos tecnológicos.

Quando começou a trabalhar como speaker e quais os principais eventos que comentou?
O meu primeiro evento como speaker foi o FIN5 de 2004 perto do sítio onde vivo. Interessei-me pela actividade de comentador na orientação porque o meu joelho e os meus tendões me impedem de treinar e, portanto, não posso competir muito activamente. Estive duas vezes na equipa de comentadores do FIN5 e outras duas na Jukola, a maior estafeta de orientação em todo o mundo e um verdadeiro centro de peregrinação. E também integrei as equipas de comentadores do WMOC 2006 na Áustria e do ano passado na Finlândia.

Como orientista, quando começou a praticar e qual a sua experiência mais interessante?
Quando era teenager, fiz atletismo de pista e corta-mato, por isso não pratiquei muita orientação antes dos 24 anos. Nunca obtive grandes resultados na orientação, mas aprendi a amar este desporto. Uma das minhas melhores recordações refere-se a um evento de dois dias de orientação em montanha no Norte de Inglaterra em 1992, a Karrimor Mountain Marathon. Fiz equipa com uma suíça (Cornelia Muller), e graças à habilidade e resistência dela fizemos uma grande prova. O evento foi memorável, porque estávamos no fim de Outubro e tivemos de acampar na neve - até os organizadores britânicos consideraram o tempo horrível, o que quer dizer alguma coisa.

Que espera do WMOC'08? Qual o seu plano para o trabalho em equipa? Provavelmente, o Timo falará inglês e finlandês. Mais alguma língua?
Espero que seja uma semana maravilhosa, preenchida com muita actividade, novos conhecimentos e amigos e também o reencontro de velhos amigos. Espero poder pessoalmente contribuir para a atmosfera formidável que toda a equipa da organização tem trabalhado para pôr de pé. Vou preparar-me estudando as listas de partida e os resultados dos últimos WMOC. Espero poder visitar antes algumas áreas de competição de modo a familiarizar-me com o terreno. Eu falo finlandês e alemão como línguas maternas, o meu inglês está também próximo desse nível e sou ainda muito fluente em sueco. Também falo francês e espanhoI e tenho tentado aprender russo para ler resultados e previsões meteorológicas. No entanto, será importante não perder o fio à meada ao tentar dizer coisas em demasiadas línguas.

Antes de vir para Portugal, provavelmente informou-se sobre o país e a sua história. Fez alguma descoberta extraordinária ou estranha?
Sempre me interessei por geografia, e quando era jovem li muito sobre Fernão de Magalhães. Nos anos 80, Carlos Lopes foi um grande adversário dos fundistas finlandeses, e felizmente conseguiu a sua mais que merecida medalha de ouro na maratona dos Jogos Olímpicos de Los Angeles. É desnecessário dizer que, como suíço (pelo lado da minha mãe), espero que os meus compatriotas se portem bem no Europeu de futebol, mas a vossa selecção é realmente boa. Portanto, se a Suíça não ganhar, espero que seja Portugal a vencer este ano o Europeu. Vocês têm também grandes vinhos, e não falo só do Porto, mas também do Moscatel de Setúbal e, por exemplo, dos vinhos da região do Dão. Espero saboreá-los este Verão.

(Entrevista de Manuel Dias. Perguntas e respostas por e-mail. Recebido a 11 Jun 2008, ou seja, quatro dias antes do 2-0 no Suíça-Portugal...)


[2008-06-20] Carlos Monteiro, WMOC Event Director

[2008-06-20] Dieter Wolf, M55, SUI

[2008-06-19] Timo Teinila, WMOC speaker

[2008-06-19] Jorge Simões, WMOC Event Director assistant

[2008-06-18] Blair Trewin, M35, AUS

[2008-06-18] Mariett Matias, WMOC Media responsible

[2008-06-17] David May, WMOC Senior Event Advisor

[2008-06-16] Gottfried Tobler, M60, AUT

[2008-06-16] Tuulikki Salmenkylä, W45, FIN

[2008-06-16] Arvo Majoinen, M80, FIN

[2008-06-14] Fernando Costa, WMOC Marketing responsible

[2008-06-13] Sarah Dunn, W40, GBR

[2008-06-12] Santos Sousa, WMOC planner

[2008-06-11] Sigurd Daehli, M55, NOR

[2008-06-10] Alexandre Reis, WMOC mapper and planner

[2008-06-09] Nick Duca, M40, CAN

[2008-06-07] Tiago Aires, WMOC mapper and planner

[2008-06-06] Irina Stepanova, W55, RUS

[2008-06-05] Luís Sérgio, WMOC mapper

[2008-06-04] Ari Kattainen, M50, FIN

[2008-06-03] Rui Antunes, WMOC Mapping coordinator

[2008-06-02] Jon Musgrave, M45, GBR

[2008-05-31] Jacinto Eleutério, WMOC Course coordinator

[2008-05-30] Rune Carlsson, M70, SWE

[2008-05-29] Åke Jacobson, Presidente da IOF

[2008-05-29] Augusto Almeida, Presidente da FPO

[2008-05-28] Jurate Uleviciene, W55, LIT

[2008-05-26] Vladimir Ioffe, M70, ISR

[2008-05-23] José Fernandes, M45, POR

[2008-05-21] Ezio Paris, M55, ITA

[2008-05-19] Gabriella Györffy, W40, HUN

[2008-05-16] Alberto Minguez, M40, ESP

[2008-05-14] Tomas Zdrahal, M55, CZE

[2008-05-12] Paulo Becker, M45, BRA

[2008-05-09] Ingrid Roll, W70, NOR

[2008-05-07] Jerzy Parzewski, M55, POL

[2008-05-05] Hugh Moore, M60, AUS

[2008-05-02] Martin Checkley, M55, GBR

[2008-04-30] Etienne Bousser, M60, FRA

[2008-04-28] Andreas Grote, M40, SUI

[2008-04-24] Liudmila Labutina, W65, RUS

[2008-04-22] Freddy Sillien, M60, BEL

[2008-04-17] Tomislav Kaniski, M35, CRO

[2008-04-14] Eero Tuuteri, M85, FIN

[2008-04-10] Lena Nordahl, W80, SWE

[2008-04-07] Albano João, M45, POR

[2008-04-03] Tom A. Karlsen, M55, NOR

[2008-03-31] Kayoko Sakai, W55, JPN

[2008-03-27] Finn Arildsen, M45, DEN

[2008-03-24] Anne Nurmi, W45, FIN

[2008-03-20] Peo Bengtsson, M75, SWE

[2008-03-17] Alida Abola, W50, LAT

[2008-03-13] Matti Railimo, M60, FIN

[2008-03-10] Cornelia Eckardt, W35, GER

[2008-03-06] Joaquim Sousa, M35, POR

[2008-03-03] Birgitta Olsson, W75, SWE

[2008-02-20] J. Salmenkylä, M75, FIN

[2008-02-18] Torid Kvaal, W65, NOR

[2008-02-15] Mykola Bozhko, M55, UKR

[2008-02-13] Pavlina Brautigam, W45, USA

[2008-02-11] Ferran Santoyo, M35, ESP

[2008-02-08] Sole Nieminen, W80, FIN

[2008-02-06] Stefano Galletti, M40, ITA

[2008-02-04] Gillian Ingham, W50, NZL

[2008-02-01] Jörgen Mårtensson, M45, SWE

[2008-01-30] Tom Hiltebrand, M50, SUI

[2008-01-28] Baiba Ozola, W40, LAT

[2008-01-25] Eddie Harwood, M55, GBR

[2008-01-23] Marje Viirmann, W45, EST

[2008-01-21] Alexander Afonyushkin, M40, RUS

[2008-01-18] Paulina Majova, W55, SVK

[2008-01-16] Björn Linnersjö, M65, SWE

[2008-01-15] Lillian Røss, W85, NOR

[2008-01-10] Tapio Peippo, M55, FIN

[2008-01-07] Elizabeth Brown, W90, GBR

[2008-01-04] Erkki Luntamo, M90, FIN

 
Parceiros:
Câmara Municipal de LeiriaCâmara Municipal de AlcobaçaCâmara Municipal da Marinha GrandeCâmara Municipal da NazaréJunta de Freguesia de PataiasJunta de Freguesia de CoimbrãoJunta de Freguesia de Vieira de LeiriaSecretaria de Estado da Juventude e do DesportoDirecção-Geral dos Recursos FlorestaisMinistério da Educação
Turismo de PortugalRegião de Turismo Leiria/FátimaExército PortuguêsConfraria de Nossa Senhora da Nazaré

Apoio:
Instituto do Desporto de PortugalSALITUR / BUDGETRGBimageSilvaSanap AmbienteDelta CafésDom Porco - Salsicharia Tradicional

Água Oficial:
Vitalis

Banco Oficial:
Montepio

Controlo Oficial:
SPORTident

Transportadora Oficial:
TAP Air Portugal

Media Oficial:
RTP - Radiotelevisão PortuguesaRadio 94 FMTravel Channel

Revista Desportiva Oficial:
Sportlife